Deep Plane Facelift

Deep Plane Facelift

Deep Plane: Eficácia e Durabilidade no Lifting Facial

O que é?

Deep Plane é uma cirurgia de rejuvenescimento facial que reposiciona a musculatura da face a partir de uma dissecção em um plano mais profundo. Por isso o nome em inglês Deep Plane (plano profundo).
• A técnica Deep Plane já está descrita há vários anos, porém ficou mais popular após o Dr. Andrew Jacono, de NY, fazer algumas modificações, facilitando a sua execução e aumentando sua segurança.
• Nos últimos anos, vários cirurgiões ao redor do mundo têm usado esta abordagem para atingir melhores resultados.

Mas a musculatura da face pode envelhecer? Como isto acontece?

• O envelhecimento da face envolve não só a pele.
• Abaixo da pele existe uma camada de músculos da mímica facial.
• A flacidez desta musculatura gera o bigode chinês, a linha do fofão sobre a mandíbula (“bulldog”) e as olheiras.
• Porém, as pessoas enxergam apenas o que está por fora – a pele – e por isso, intuitivamente, pensa-se em tratar apenas a pele.
• O tratamento superficial da pele normalmente não traz os benefícios desejados quando existe um envelhecimento ou flacidez da musculatura.
• Em média, entre os 40 e 50 anos aparecem os traços da flacidez muscular, de forma mais branda ou mais intensa dependendo de cada indivíduo.

E como se trata o enfraquecimento da musculatura e da pele?

• Através do lifting facial.
• O Deep Plane é uma técnica de lifting facial mais avançada que consegue tratar de forma muito eficiente a musculatura envelhecida da face.

Qual a diferença entre Deep Plane e outras técnicas de lifting facial?

• O Deep Plane reposiciona o conjunto de musculatura, gordura e pele da região da face a partir de uma dissecção profunda da musculatura facial.
• O lifting facial de pele exclusivo traciona apenas a pele, sem mexer com a gordura e a musculatura flácidas e mal posicionadas.
• Já o lifting facial com costura da musculatura trata a porção superficial do músculo, com um reposicionamento mais limitado.

Quais as vantagens do Deep Plane?

• Maior eficiência e durabilidade especialmente para o bigode chinês, a linha do fofão (“bulldog”) e as olheiras.
• Menor tempo de recuperação em termos de inchaço e roxos, pois o descolamento de pele é menor.

E quanto às possíveis intercorrências deste procedimento?

• O maior obstáculo para um Deep Plane Facelift é o nível de conhecimento anatômico necessário para sua adequada realização.
• Como todo procedimento cirúrgico, há risco de complicações. Uma consulta presencial é a melhor forma para esclarecimento destas situações e suas alternativas de tratamento.

E qual o espaço para a injeção de volume, com produtos de preenchimento?

• A volumização do rosto, através de preenchimentos, busca “inflar” áreas da face que estão mais vazias e com a musculatura flácida.
• Há, porém, um viés importante nesta forma de tratamento que é o aumento do tamanho da face no sentido horizontal. Ou seja, o rosto fica mais cheio, mas não necessariamente rejuvenescido.
• Para faces não muito envelhecidas, com musculatura e pele com qualidades boas, este tratamento com produtos injetados pode trazer benefícios naturais.
• Porém, em faces com maior grau de flacidez, é grande a quantidade necessária de produtos injetados para poder preencher as áreas vazias e com músculo flácido, podendo deixar o aspecto de inchaço e não necessariamente de rejuvenescimento.

E lipoescultura, pode ser feita?

• A lipoescultura pode ser realizada como forma de preencher áreas específicas da face.
• Assim como os produtos de preenchimento, ela deve ter uma indicação apropriada.
• Durante a cirurgia de Deep Plane pode se realizar a complementação com a lipoescultura.

E o Liplift, o que é?

• O liplift é uma técnica cirúrgica para rejuvenescimento do lábio superior.
• Com o passar dos anos, lábio superior pode se alongar e ficar com aspecto envelhecido.
• O liplift é realizado através de um pequeno corte na base do nariz, por onde se tira uma pequena porção de pele.
• A cicatriz normalmente fica muito boa camuflada na área sombreada abaixo do nariz.

E o pescoço, como ele é tratado em um Deep Plane Facelift?

• A cirurgia do pescoço é um capítulo à parte, pois o pescoço pode envelhecer de formas diferentes.
• Pescoços curtos e pesados envelhecem diferentemente de pescoços longos e magros.
• Existem várias estruturas anatômicas no pescoço que podem sofrer alterações pelo envelhecimento. De forma resumida, o pescoço não é composto apenas de pele e gordura, como pode parecer olhando-se de fora. Por dentro do pescoço existem outras estruturas que também se modificam com o passar do tempo e mudar o perfil cervical.
• Assim, existem músculos superficiais e profundos, gorduras superficiais e profundas e glândulas que podem deixar o pescoço envelhecido. Cada uma destas estruturas pode ser tratada de acordo com as alterações que cada indivíduo apresenta.
• Um pescoço bem rejuvenescido traz um ganho muito interessante para o paciente.

É possível realizar-se um Deep Plane Facelift junto com as cirurgias das pálpebras e da sobrancelha?

• Sim, isto é possível. Aliás, a cirurgia das pálpebras, tanto as inferiores quanto as superiores, quando bem indicada, pode ajudar muito no resultado final do rejuvenescimento facial.
• Além disto deve-se considerar a elevação das sobrancelhas, quando estas se mostrarem muito caídas.
• A videoendoscopia frontal é uma das formas mais eficazes de isto ser feito.

Rua Júlia Wanderley, 603 Mercês
Curitiba-Paraná-Brasil
CEP 80.430-030
Curitiba – Paraná – Brasil
+55 41 3339 – 9992
contato@cirurgiaplastica1.com.br

Open chat
ENVIE-NOS UMA MENSAGEM